Município de Cacimbas PB realiza Audiência Pública nessa quarta feira 31/05
 
 

A Prefeitura Municipal de Cacimbas no sertão do estado realizou na manhã dessa quarta feira dia 31 de maio de 2017, uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores desta cidade, Casa Maria do Socorro Melo, para apresentar os Projetos que tratam da Lei Orçamentária Anual (LOA), Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e o Plano Plurianual (PPA), referentes aos anos 2017-2018, o evento durou 2 horas.

Estiveram presentes as técnicas de Contabilidade da ECOPLAN de Patos, Dona Salete e Lindete, Secretários Municipais: Olavo Silva da Comunicação, Antônio Márcio dos Transportes, Geiza da Cunha da Saúde, José Diraldo da Ação Social, Genilson Terto das Finanças, Cícero Sherdan de Planejamento, Auziran Pereira da Agricultura, Juliana Gonçalvs da EMATER, Dimas da Cunha, Presidente do Instituto de Previdência Própria, os Parlamentares, José Pereira, Antônio de Pádua, Kelson Batista, Paulo Araújo, Rogério Arruda, Pedro Martins, Cícero Bernardo, além de servidores municipais, a imprensa local na pessoa de Olivaldo Gouveia e membros da sociedade civil organizada.

Foram registradas as ausências do Vereador, Rodiney Ferreira e da Vereadora, Eliziana Arruda. A pós a formação da mesa com as autoridades, a contadora Dona Salete da ECOPLAN, fez as explanações dos Planos já mencionados com seus respectivos significados e importâncias para o desenvolvimento das políticas públicas municipais de acordo com as leis vigentes no país.

A técnica enfatizou a importância da participação popular nas audiências públicas, pois segundo ela, é através das discussões que se fortalece a democracia e se constrói ações prioritárias de cada comunidade, sendo necessários os debates de ideias e um bom planejamento financeiro respeitando as receitas orçamentárias do município. Salete adotou uma metodologia dinâmica e de fácil compreensão, os participantes elogiaram a forma simples de se transmitir conteúdos tão complexos.

Salete se mostrou satisfeita com a presença das pessoas e autoridades que no seu entendimento são politizadas e conscientes dos seus direitos e deveres, apesar da ampla divulgação, a frequência ficou a baixo do esperado, pois para a contadora, as presenças de lideranças comunitárias e demais segmento é salutar para construção de uma sociedade mais justa e atuante.

“O papel do cidadão não consiste unicamente em criticar o que deu errado, mas principalmente se aproximar da gestão e apontar soluções viáveis, pois participar das decisões do seu próprio lugar é uma necessidade, as ferramentas midiáticas e tecnológicas tem papel decisivo nessas questões desde que sejam utilizadas para o bem comum, no mundo globalizado, as pessoas tem essa compreensão o que contribui significativamente com os esclarecimentos pontuais”, disse.

A finalidade das Audiências Públicas consiste em incentivar as pessoas a fiscalizarem a aplicação correta dos recursos públicos, fomentando cada vez mais a Lei de Transparência, bem como de Responsabilidade Fiscal, além de tornar acessíveis os conhecimentos à população sobre arrecadações de taxas, impostos como IPTU, ISS, ICMS e Convênios Estadual ou Federal, para execução de obras e serviços com o acompanhamento das despesas geradas.

Salete disse que sem a participação popular não tem como a gestão acertar nas escolhas das prioridades e que todo planejamento deve ser flexível por conta dos imprevistos, ela ressaltou sua experiência a frente da ECIOPLAN, há 35 anos, em seguida exibiu um vídeo educativo sobre os assuntos abordados e solicitou que as pessoas pudessem elaborar uma lista com aquilo que julgavam importantes para aquele momento.

Os Vereadores, Cícero Bernardo, Antônio de Pádua, Paulo Araújo e Kelson Batista, destacaram os trabalhos relevantes da ECOPLAN ao longo dos anos frente aos municípios e elogiaram a transparência e a responsabilidade da equipe técnica, eles também ressaltaram a importância das Audiências Públicas nas comunidades rurais, aonde as lideranças possam debater com os moradores de cada setor as suas demandas, pois são estes os principias conhecedores de suas realidades, alguns defenderam investimentos em obras hídricas, de infraestrutura, social e outras.

José Diraldo, falou da satisfação de está participando pela primeira vez em Cacimbas de um momento que classificou como importante para todas as representatividades e principalmente para o povo do lugar e fez referência ao Programa Criança Feliz, e demais ações voltadas para o social, por fim elogiou os participantes e defendeu que eventos dessa natureza devem servir de modelo para outras cidades.

O secretário de Finanças, Genilson Terto, Justificou a ausência do Prefeito Geraldo Terto- Leo, e enfatizou as falas dos parlamentares, defendendo que é preciso pensar dentro da realidade financeira do município para não correr o risco de elaborar planos fantasiosos gerando expectativas falsas na população. “Isso é perigoso e pode deixar as pessoas revoltadas e frustradas, pois o gestor nem sempre vai dispor de recursos para realizar tais anseios dos moradores”, finalizou

 

 
 

Prefeitura Municipal de Cacimbas
Rua São José 35 - Centro - CEP 58.698-000 Fone: 83 3476-1137
Atendimento ao Público
(Segunda a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 14:00 as 17:00)