Equipe da UFCG realiza exposições das Maravilhas da Caatinga em Cacimbas

 
 

                Aconteceu na última sexta feira (19) na Escola Vereador Manoel de Almeida, no Distrito de São Sebastião de Cacimbas, cidade do interior da Paraíba, uma exposição realizada por estudantes do curso de engenharia florestal da UFCG campus Patos- PB, o Programa denominado de as Maravilhas da Caatinga tem por objetivo mostrar as riquezas da nossa fauna e flora por meio de trabalhos de pesquisas produzidos por alunos e professores, a fim de despertar a conscientização da preservação da natureza.

                Na ocasião, foram expostas fotografias de paisagens exuberantes da caatinga, falou-se sobre o processamento da madeira na fabricação de papel, móveis, carvão e outros derivados, foi mostrada ainda, a parte da zoologia que estuda os insetos e os estudantes aprenderam a manusear e observar as células das plantas por meio do microscópio. A Universidade e o Centro de Tecnologia Rural em Patos, em parceria com outras ONGS, trabalham na disseminação de informações tecnológicas para ajudar, sobretudo ao homem do campo.

                A coordenadora do projeto e também professora, Joédila Batista, destacou a utilização das plantas medicinais em benefício da saúde das pessoas e também de algumas espécies de animais, ela destaca a importância de uma formação consciente para se explorar o nosso bioma com responsabilidades social visando o equilíbrio ecológico e à sustentabilidade que é um tema muito presente na atualidade.

                “A nossa caatinga é a maior demonstração das grandes riquezas naturais desse ecossistema nordestino, aqui tem espécie que não existe em nenhum outro ambiente, por isso precisa ser reconhecida e preservada. Nós podemos utiliza-la de forma racional sem destruí-la, mas para isso, defende-se uma reflexão sobre nossas ações, sobre o que vamos deixar herança para as futuras gerações”, indagou a professora pesquisadora.

                O estudante Átila, que também participou da exposição, apresentou aos estudantes vários tipos de animais invertebrados e falou da importância de cada ser para o equilíbrio da cadeia alimentar, exaltando as suas funções no meio ambiente, como por exemplo, a abelha que produz o mel, borboleta, besouros que polarizam as flores já os gafanhotos e cupins que são considerados pragas. “Quanto mais diversidade existir no meio ambiente, mais equilibrado ele terá. Se quebrar algum ciclo, ocorre um surto de pragas, é preciso visar à biodiversidade para manter o equilíbrio ecológico”, destacou o estudante.

                O estudante Jeferson, frisou a importância da engenharia florestal na vida das pessoas, bem como, a utilidade da madeira no cotidiano: “Aproveita-se quase tudo de uma árvore, da raiz até as flores, frutos, sementes... O Brasil é o país que mais produz papel no mundo, a indústria, também é muito rica em produção e essa diversidade de produtos se deve a grande variedade de árvores que existem no Brasil”, explicou o estudante pesquisador. Jeferson, explicou também que o mesmo acontece com o comércio de cosméticos e farmacêuticos e concluiu: “A escola é o centro de referência, onde esses alunos podem sair adultos já formados, com pensamentos inovadores sobre a sustentabilidade”.

                A supervisora educacional da escola, a Edivânia Alexandre, falou da satisfação de poder oferecer aos alunos uma exposição cheia de conhecimentos variados sobre fauna e flora do sertão o que vai favorecer o desenvolvimento da aprendizagem de forma dinâmica e prazerosa, ela destacou o envolvimento dos alunos e comunidade.

                A equipe de professores da Escola Joaquim Cassiano Alves do Quilombo de Serra Feia que tiveram essas mesmas experiências no ano passado, vieram prestigiar o evento.  Um dos Diretores da Escola Vereador Manoel de Almeida, Vamberto Ferreira, falou da satisfação das parcerias da UFCG com os municípios e avaliou o projeto de exposição como positivo, se mostrando interessado em trazer outras experiências para alunos, professores, comunidade e demais funcionários.

                “Essa é uma forma de inovar e uma demonstração de que nós enquanto equipe, estamos buscando novidades para nossa escola, as pessoas são conhecedoras do nosso esforça, porque estamos sempre divulgando nossas ações por meio de reuniões, pelas redes sociais, a apresentações. Aproveito esse espaço para comunicar e ao mesmo tempo convidar os alunos e professores de História do 8º e 9º ano para uma excursão na cidade de Cabaceiras, onde na ocasião, com o apoio da Prefeitura de Cacimbas, vamos visitar e aprender sobre o Lajedo de Pai Matheus”, concluiu o Diretor Escolar.  

      SECOM/PMC.

:::PM Cacimbas:::
 
 

Prefeitura Municipal de Cacimbas
Rua São José 35 - Centro - CEP 58.698-000 Fone: 83 3476-1137
Atendimento ao Público
(Segunda a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 14:00 as 17:00)